Complicado

IMG-20170210-WA0006

 

Gosto da experiência de amadurecer, mas a de envelhecer não! Complicado…

Deixe-me explicar, amadurecer para mim é o conjunto de experiências que a vida te proporciona e te traz junto a sabedoria e a compreensão alargada. Envelhecer é justamente o contrário, é a perda da saúde, o enrijecimento das juntas, o desgastes das células e, particularmente para as mulheres, a menopausa e suas dificuldades, calorão, irritabilidade, desgaste ósseo, posso ficar aqui o dia inteiro falando o que uma transformação hormonal faz com o equilíbrio feminino, não é o caso, no momento.

A mente alargada sofre com o desgaste do corpo, no meu caso, me sinto absolutamente jovem no cérebro, e minha estatura física simplesmente se nega a acompanhar, a coluna então, nem se fala, trava a lombar, fisga a torácica, usa-se um novo adorno para a cervical, um lindo colar… rsrsrsrsrs…

Admiro quem sempre ao longo dos anos teve o pique da atividade física como companheira, mesmo estes vejo reclamar a lombar, imagina eu que flertei com essa atividade vez ou outra no decorrer da vida e sempre a troquei por outro amor mais duradouro. Ahhh arrependimento tardio, hoje amo o Pilates, meu companheiro diário para o bem do físico e, claro, mental.

Sinto-me na idade do condor! Pela manhã ao espreguiçar doem as juntas, o punho no uso do celular já ganhou algumas fisioterapias, os joelhos só doem quando estralam, todos os dias, acostuma-se a essas dores, convive-se com elas e tenta-se ignorá-las, enquanto crônicas, implorando para que não fiquem agudas. Faço piada, mas tem sido assim…

Enquanto isso meu cérebro fervilha, quer mais e mais, então busco compensá-lo com o sagrado pilates, para seguir a máxima, mens sana in corpore sano.

Bom dia meus amigos pós50 e todos os que para lá se encaminham!

A foto é para mostrar o quanto a vida nós dá nessa caminhada…

3 respostas em “Complicado

  1. Tenho medo da velhice, mas não temos como nos livrar dela, por mais que lutamos contra com exercicios, cremes milagrosos, vitaminas variadas mas nossas articulações, nossa visão, neurónios temam em chegar lá, mas o que mais tenho medo e do disrespeito pelo idoso em todos os sentidos e niveis sociais.

    Curtido por 1 pessoa

    • Como a população está envelhecendo, eu espero que o respeito aumente proporcionalmente.
      Tenho uma página Pós50 no Facebook e um grupo Conversando o Pós50, para discutir os problemas em comum e compartilhar experiências.
      Um abraço 🤗

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s