Sábado é dia de dicas…

E hoje são duas: CK One RED Edition e a Cera Nutritiva Unhas e Cutículas.

Dica 1:

  • Comprei esse perfume no voo da #TAP, nessa minha última viagem a Portugal e à Espanha.
  • O CK One RED Edition tem fragrância frutada, refrescante, uma delicia, ao fundo lembra o aroma de melancia, mas nada enjoativo, já que perfume mais doce não combina comigo. Ideal para acompanhar o seu dia.
  • O único arrependimento é não ter comprado 2, rsrsrsrsrsrs…

CK One RED Edition

  • Sim, também tinha o masculino, que eu trouxe para o meu filho, mas, como vocês podem ver, ainda não foi aberto, portanto não posso emitir qualquer opinião. Fica apenas o registro.

 

Dica 2:

  • Pense numa cerinha legal essa da linha pink da #Granado, aí abaixo! A Cera Nutritiva Unhas e Cutículas foi indicada pela minha dermatologista, para hidratar as unhas e mantê-las saudáveis. Como ela mesma me disse, tem muitos produtos ótimos no mercado, mas iria me indicar um super em conta, excelente marca e muito bom resultado. Faz dois anos que uso.

  • Eu sei, poderia ter colocado uma foto de uma caixinha nova, essa carrego comigo sempre, dentro da bolsa, está assim pelo uso constante. Por isso podem acreditar na dica!

Ótimo final de semana pessoal!

Qualidade de vida

 

20140422_091449

Rambla de Montevidéu

O que é para você qualidade de vida? Ganhar mais dinheiro? Ter mais dinheiro para gastar? Ter mais tempo para a família? Ter mais tempo para você? Agora na minha idade vou dizer que qualidade de vida é ter tempo para mim, com algum dinheiro sim, mas não é o essencial.

Trabalhei muito desde cedo, aqui em Brasília trabalhei mais ainda, sempre tinha alguma coisa a conquistar, a carreira, alguma grana a mais, um carro novo, mas meu foco maior sempre foi a carreira. Gostava da adrenalina dos desafios, sempre me impus algum a mais.

Continuo com vontade de trabalhar, mas quero um tempo legal para me cuidar, nisso não tem nada de dondoquice não rsrsrsrsrs, meio período para o trabalho, meio para mim.

Tomar um banho com calma, sem correria para sair, um café decente, que eu mesma faço todas as manhãs, com ovos mexidos, pão integral (adoro, quanto mais grãos melhor), grão de café moído e coado na hora, sentiram o aroma aí do outro lado?! Isso para mim é qualidade de vida!

Tenho outras qualidades de vida, tempo para brincar com os netos, viajar, almoço em família, café com as amigas, cozinhar com o marido (ele cozinha, eu ajudo rsrsrsrsrss) – aqui em casa dividimos as tarefas, fazemos tudo por aqui, faxineira uma vez por semana e é só!

Ganhar dinheiro sem poder usufruir dele não adianta nada!

Então, tempo tem sido sagrado para mim… Aproveitar a vida também!

Agora escolha um lugar, aquele especial onde você deseja estar, acolhedor, que te proporciona grande bem-estar, sonhar, foi para lá?! Faça isso todos os dias, viaje mentalmente, isso também é qualidade de vida… Acabei de ir para o meu…

Um bom dia para vocês!

Complicado

IMG-20170210-WA0006

 

Gosto da experiência de amadurecer, mas a de envelhecer não! Complicado…

Deixe-me explicar, amadurecer para mim é o conjunto de experiências que a vida te proporciona e te traz junto a sabedoria e a compreensão alargada. Envelhecer é justamente o contrário, é a perda da saúde, o enrijecimento das juntas, o desgastes das células e, particularmente para as mulheres, a menopausa e suas dificuldades, calorão, irritabilidade, desgaste ósseo, posso ficar aqui o dia inteiro falando o que uma transformação hormonal faz com o equilíbrio feminino, não é o caso, no momento.

A mente alargada sofre com o desgaste do corpo, no meu caso, me sinto absolutamente jovem no cérebro, e minha estatura física simplesmente se nega a acompanhar, a coluna então, nem se fala, trava a lombar, fisga a torácica, usa-se um novo adorno para a cervical, um lindo colar… rsrsrsrsrs…

Admiro quem sempre ao longo dos anos teve o pique da atividade física como companheira, mesmo estes vejo reclamar a lombar, imagina eu que flertei com essa atividade vez ou outra no decorrer da vida e sempre a troquei por outro amor mais duradouro. Ahhh arrependimento tardio, hoje amo o Pilates, meu companheiro diário para o bem do físico e, claro, mental.

Sinto-me na idade do condor! Pela manhã ao espreguiçar doem as juntas, o punho no uso do celular já ganhou algumas fisioterapias, os joelhos só doem quando estralam, todos os dias, acostuma-se a essas dores, convive-se com elas e tenta-se ignorá-las, enquanto crônicas, implorando para que não fiquem agudas. Faço piada, mas tem sido assim…

Enquanto isso meu cérebro fervilha, quer mais e mais, então busco compensá-lo com o sagrado pilates, para seguir a máxima, mens sana in corpore sano.

Bom dia meus amigos pós50 e todos os que para lá se encaminham!

A foto é para mostrar o quanto a vida nós dá nessa caminhada…

Descomplique

Santa Catarina - (praia do Campeche - Florianópolis) 

(praia do Campeche – Florianópolis) 

Meia idade dá para perceber que a vida deve ser mais leve, os aborrecimentos do dia já tendem a nos tirar do prumo, então descomplique!

O papel higiênico está colocado ao contrário, sério tem lado para colocar papel higiênico?! Quem disse?! rsrsrsrs… Espremeram a pasta de dentes no meio, deixa disso, é isso que vai te fazer perder a paciência?! Te cortaram no trânsito, isso não é legal, mas perder a calma pode causar um acidente em seguida, portanto atenção! Qual a importância disso na sua vida, no seu futuro?! Importante é a sua saúde e a dos teus filhos, família e amigos, entendeu?!

Antes de complicar a vida com pequenas irritações se pergunte: o que isso muda a minha vida? Essa discussão vale a pena? É um grande problema ou apenas uma chateaçãozinha? Pois é, a vida está cheia delas e cabe a você decidir se vai somar ou subtrair isso no seu dia…

Repense e descomplique, faça sua vida mais leve, vai valer muito a pena!

Agora olha para essa foto magnífica que coloquei neste post e dá uma viajada, você merece!

Recomeço


Desde a infância eu dizia que seria médica, de crianças, ainda tenho em mim uma incrível médica bruxa charlatã, que cuida da família e dos amigos, com muita intuição.

Assisto a programas medicinais, partos, coisas afins. Por que estou falando tudo isso?! Segui carreira na área de políticas públicas, depois de fazer faculdade de estudos sociais e história, vim para Brasília fazer mestrado em Ciência Política, ao acabar os créditos entrei para a Presidência, de onde só saí no mês passado.

Estou falando tudo isso porque nunca tive vocação definida, tudo o que fiz fiz bem feito, mas não que fosse aquilo que defini fazer para o resto da minha vida. No meio de tudo fiz curso de gastronomia e segurança alimentar, abri um café, cozinhei para caramba. Também fiz inúmeros roteiros de viagem, me dedico a tudo o que faço, com carinho. Vejo inúmeros programas políticos e de notícias, gosto de estar atualizada.

Comecei a escrever novamente, sempre o fiz momentaneamente, com o desaparecimento da minha amiga Cláudia, não podia fazer mais nada, só gritar por meio das palavras. Reergui meu blog e o coloquei em prol da minha amiga. Quis também dividir as minhas receitas fáceis, porque me ajudaram muito no decorrer da vida, assim surgiu o cozinhando.

Lá no fundo havia algo incompleto, quero mais, sempre quero, as palavras brotam naturalmente, a crítica interior também está sempre presente. Tenho 54 anos e ainda presente uma incrível vontade de construir, não nenhum edifício, tenho também facilidade em usar as redes sociais, trabalhar como chefe de gabinete em um instituto de tecnologia da informação, por anos, me ajudou muito nessas habilidades.

Tenho uma certeza, sempre escrevi e isso me acompanha no decorrer da minha vida, de maneiras diferente, estorinhas de criança, poesia, crônicas. Gosto disso, e muito!

Sim, me acho uma multi-tarefas, com muita vontade de recomeçar, universo me guie!

Primeiro post do blog

IMG_1031-PANO

Acabei de voltar de viagem, cujo planejamento foi fundamental para manter minha mente sã nos seis meses anteriores a ela, já que os acontecimentos no ano não ajudaram. Trabalho em decadência, doença, hospitalização, uma paralisia facial, demissão, tenso.

A idéia de criar um novo blog tem a ver com tudo isso, escrever sempre me ajudou e fazia tempo que queria falar livremente sobre qualquer assunto, mas principalmente sobre ultrapassar a barreira dos 50, sobre as aflições da idade, da vida, dar idéias legais, uma crônica diária ou semanal, um papo firme e franco.

A demissão está me proporcionando isso, depois de 24 anos como servidora pública da Presidência da República, me sinto livre, leve e solta, sem amarras éticas, de sigilo profissional e tudo o mais que nos torna cuidadosas. Mas também estou com receio do que o futuro pode me trazer, principalmente economicamente, sou aposentada como professora, portanto, como devem imaginar, não é uma fortuna de aposentadoria, mas dá para segurar as pontas.

Me dei o direito de pensar no futuro só depois da viagem, já sabia que seria demitida. Logo depois da longa licença médica me apresentei no trabalho e isso me foi comunicado, pedi então para sair de férias, e assim o fiz. No final da viagem aconteceu a demissão, exatamente quando completei 24 anos de casa.  Meu salário vai cair pela metade, ninguém ganha ou incorpora nada por ter trabalhado na Presidência, só experiência de vida mesmo. Pretendo pensar em alguma coisa para complementar minha renda, ainda não sei o que, quero trabalhar, mas quero primeiro ter um saudável compromisso comigo mesma.

Planejar é fundamental e sou boa nisso, podem acreditar, isso sempre me ajudou profissionalmente, tenho um raciocínio e faço conexões mentais rapidamente, além de ser organizada. Assim planejei e organizei toda a viagem, roteiros, hotéis, passagens de avião e trem, transportes e passeios. Dentro de um custo benefício de conforto mínimo para quatro amigas, mulheres maduras viajando juntas. Foi tudo ótimo, falarei sobre isso num outro texto futuro.

Quem sabe se essa não é uma boa área para me dedicar num futuro profissional?! Vou pensar com carinho…