Mulher de caminhoneiro

caminhão

Acho que nunca tinha pensado muito nisso até postar que estaria um pouco ausente porque viajaria de caminhão com o meu marido, minha página encheu de curtidas e comentários.

Minha cunhada ao ver me falou, ninguém espera que uma blogueira, escritora, esse lado meio intelectual, seja casada com um caminhoneiro. Pode ser verdade…

Eu sou! E acho muito legal, somos muito diferentes e ao mesmo tempo muito parecidos.

O trabalho de um não tem nada a ver com o do outro, conversamos sobre os dois e isso é ótimo, ambos gostamos de cinema, de cozinhar (ele cozinha a maior parte do tempo), somos muito família.

E gente, viajar de caminhão é tudo de bom, as vezes cansa, muito mais pra ele que dirige, porém é uma linda maneira de conhecer novas terras.

Ele não faz longas viagens, no máximo três dias, já acompanhei algumas. Não é um caminhoneiro tradicional. Mas ganha a vida dirigindo um caminhão.

Te convido a conhecer essa profissão tão importante para o nosso país!

Filmes, séries – a minha diversão!

image

A foto ficou bem legal, né?! Grey’s Anatomy uma das minhas séries favoritas. Ver os dramas humanos acontecendo dentro de um hospital, enquanto se atende paciente é tudo o que uma médica charlatã como eu precisa para se divertir, rsrsrsrs.

Mas viciada mesmo sou pelo NCIS, queria mesmo ter tirado uma foto do Gibs, mas a série não estava passando no momento em que fiz a foto. As melhores temporadas para mim foram as contracenadas pela Ziva e o Dinozzo, eles realmente transmitiam na telinha a tensão existente.

Assisto também programas de culinária, de música e, quando quero desligar, de vestido de noiva, aí meu cérebro desopila do mundo.

Amo cinema de qualquer época, já vi muitos filmes, sofria de insônia, muitas vezes passei noites vendo filmes em preto-e-branco. Sou nostálgica.

Tenho filmes que, independente de já ter assistido, verei novamente tantas vezes forem passar, Tarde Demais para Esquecer, Por quem os Sinos Dobram, Indochina, Diário de uma Paixão, Razão e Sensibilidade, Orgulho e Preconceito, Tomates Verdes Fritos, P. S. Eu te Amo, 4 Casamentos e um Funeral, esses foram os que lembrei no momento.

Mas pra dar prosseguimento a essa prosa, me conta aí, quais são suas séries e filmes prediletos?!

Boa semana pra todos!

 

 

Sábado é dia de dicas – Caixa Colonial

A proposta é a seguinte, você se inscreve na caixa colonial e o pessoal de lá envia para você, todos os meses, os produtos coloniais, de uma determinada região do país.
Recebi os meus no início de julho, vieram de Santa Catarina, palmito, geléia de vinho, muss de banana e melado, biscoito apimentado com queijo, e provolone defumado. Todos deliciosos!
Muito legal, eles vêm enrolados numa toalha xadrez, super fofo.
A proposta é divulgar o trabalho dos pequenos produtores rurais do nosso país, então não fica barato como se você comprasse direto na feira, mas é uma ótima oportunidade para prestigiar um excelente produto.
Eu gostei muito!

Contatos da Caixa Colonial:
Caixa Colonial
https://caixacolonial.club/

Mulher maravilha, #sqn…

foto codigo messenger

Mais um dia com febre, dor de garganta, são muitos no decorrer da minha vida, mas sabe o que mais?! Não dou bola, rsrsrsrs, mas a dor no corpo e o mal estar é dose. Não dá para fingir que se pode fazer tudo, não mesmo, deixa pra lá a síndrome de mulher maravilha.

Sempre encarei as  minhas doenças apenas como um degrau a mais para subir, é assim desde criança. Esse anos os médicos me reviraram do avesso, foi quase uma viagem ao centro do meu corpo, melhor dizendo, interior dele. Nenhum foco infeccioso escondido, apenas baixa imunidade mesmo. Então qualquer vírus ou bactéria tenha certeza, eu pego!

Então, estava aqui pensando sobre o que escrever, pessoal foi o que deu para fazer hoje, espero amanhã estar melhor para continuarmos o nosso encontro aqui na Pós50.

Um ótimo dia!

Comida na mesa

comida na mesa.jpg

Uma das paixões da minha família é comer, e comer bem! Todos aqui cozinhamos, uns mais outros menos, inclusive a neta mais velha, mas tudo com qualidade.

Reunir a família em torno de uma mesa de boa comida é reconfortante.

Neste momento em que escrevo, meu marido está na cozinha assando uma costelinha de porco e o aroma do limão siciliano do tempero está chegando até a mim, pense numa inspiração rsrsrsrsrs.

Aprendi a cozinhar com a minha avó, doceira de mão cheia, a comida salgada também era maravilhosa. Jantávamos todos os domingos com ela, filhos, netos e agregados, por vezes mais de 20 pessoas, ela fazia questão. Mesa farta, tudo feito por ela, da sopa, aos pratos até a sobremesa, muita saudade!

A boa comida reúne, agrega, nos deixa feliz.

Que a mesa seja sempre um momento de felicidade!

Boa semana pessoal!

 

Paralisia facial, herpes zóster e outras coisinhas…

dcbc0cbd-0a67-4888-8850-d570fe5dd502

 

Em abril de 2017 a vida me deu um grande susto. Estava tratando uma otite média, já com 8 dias de antibiótico, quando tomando café da manhã, senti o lado esquerdo da boca formigar levemente, a xícara parecia não encaixar direito.

Eu tinha uma noção de que poderia ser uma paralisia facial, minha mãe também havia tido depois dos 50 anos.

Procurei uma emergência de otorrinolaringologia, atenção existe 2 especialidades que tratam paralisia facial, otorrino e neurologia.

Para minha surpresa o médico diagnosticou algo mais grave, infecção dos mastóides, ossos laterais da cabeça, que me fizeram ficar hospitalizada por 10 dias. Em decorrência da infecção eu estava com paralisia facial, foi tenso.

Essa introdução foi para dizer que depois dos 50 anos estamos com a saúde mais fragilizada e suscetíveis a desenvolver doenças próprias da idade, uma delas herpes zóster, que também causa paralisia e possui vacina para proteger nosso organismo.

Lamentavelmente tive as duas doenças, o herpes aos 46 anos, a paralisia neste ano, por experiência própria, resolvi escrever este post como alerta.

Com a idade ficamos mais frágeis, precisamos nos cuidar!

Sábado é dia de dicas – escovando os dentes

parodontax

Há dois anos recebi do meu dentista duas dicas que nunca mais larguei, uma escova de dentes e o creme dental. Gente! As duas são sensacionais, principalmente para quem tem gengivas sensíveis.

O creme dental ou pasta de dentes para os mais íntimos rsrsrsrs, é o Paradontax, salgado, já vou avisando, mas ajuda muito a escovação com a metade da quantidade que se costuma colocar numa escova de dentes.

A escova é a Curaprox 5460 cerdas, isso mesmo, mais de 5 mil cerdas, também tem a versão de 7 mil, é uma massageadora suave que não deixa sobrar nadinha em seus dentes e gengivas.

Sim, são mais caras, mas seus dentes e gengivas agradecem, além de durarem muito mais.

Bom final de semana!

Pequenas visões de um lindo mundo

Viagem Portugal e Espanha – junho de 2017

inicio da viagem

Início da viagem – aeroporto de Brasília

navegantes

Navegadores – Lisboa

fonte Lisboa

Lisboa

elevador Santa Justa - Lisboa

Elevador Santa Justa – Lisboa

bairro alto Lisboa

Lisboa Bairro Alto

catedral coimbra

Catedral Coimbra

interior catedral Coimbra

interior Catedral Coimbra

Jardim das Lagrimas - Coimbra

Jardim das lágrimas Coimbra

Porquinho Mealhada

Mealhada – porquinho porque ninguém é de ferro

Beleza de Aveiro

Aveiro – canal

Bela Aveiro

A bela Aveiro

Porto Gaia - Rio Douro noite

Rio Douro – Porto ao fundo, Gaia abaixo

Livraria Lello Porto

Livraria Lello – Porto

Igreja Porto

Igreja dos Clérigos – Porto

Cafe Majestic Porto

Café Majestic – Porto

Bucolica Obidos

A bucólica Óbidos

Madri

Madri

Palacio de Cristal Madri

Palácio de Cristal – Parque do Retiro – Madri

Parque do Retiro Madri

Parque do Retiro Madri

Parque do Retiro2 Madri

Parque do Retiro Madri

Porta de Alcala Madri

Porta de Alcalá Madri

Estação Atocha Madri

Estação Atocha Madri

Sagrada Familia frente

Sagrada Família Frente – Barcelona

interior sagrada familia

Panorâmica interior Sagrada Família

Luminosidade da Sagrada Familia

Luminosidade Sagrada Família

Sagrada Familia fundos

Sagrada Família fundos Barcelona

Casa Amtller

Casa Amatller – Barcelona

La Pedrera Barcelona

La Pedrera – Barcelona

Parque Monjuic Barcelona

Jardim monte montjuïc barcelona

Barcelona de onibus

Barcelona de ônibus- Praça da Espanha

Barcelona linda

Visual de Barcelona

Barcelona de cima

Outro ângulo Barcelona

Uma viagem, uma história, muitas vidas

barcelona grandiosa

Museu Nacional de Arte da Catalunha – Barcelona

Conhecer outros lugares novos me refaz. Me formei em Estudos Sociais e depois em História, sou uma apaixonada pelas crônicas da vida. Sim, porque história para mim é um conjunto de crônicas de muitas vidas.

Sagrada Família

Eu tirei a foto do post de um ônibus de turismo, estava em Barcelona e queria conhecer muito mais da história e lugares dessa cidade majestosa, onde ao caminhar se olha para cima, baixo, lados e os detalhes são tantos que provavelmente você perderá 80% deles. Me sentia com saudades e nem tinha ido embora ainda. Queria descer e caminhar por esse lugar grandioso.

Calçada do Parque Guell

Subi nesses ônibus com vontade absorver tudo o que com os pés eu não poderia conquistar e foi pouco. Foram 3 coletivos, o vermelho, o azul e o verde, para sanar a minha sede de conhecimento.

Teto da Catedral Sagrada Família

Apesar da mais de centena de países que existe no mundo e minha vontade de viajar por muitos deles, Portugal e Espanha conquistaram o meu coração, para eles retornarei sempre que a vida assim me permitir.

Casa Amatller

Essa é apenas um pouco das maravilhas desta cidade única.

img_0855

Porto

 

fonte Lisboa

Lisboa

Boa semana gente!

Desapegar…

xícaras

Eu perdi muitas coisas materiais no decorrer da minha vida, algumas delas muito amadas, mas com o passar dos anos descobri que guardar lembranças vale bem mais do que guardar bens materiais que você não consegue cuidar, no meu caso, em outra cidade distante.

Não estou dizendo para você sair por aí vendendo tudo o que você possui, apenas que nem sempre conseguimos zelar por nossos pertences. Estou falando para você desapegar, desprender, porque as boas recordações são dos momentos vividos, da alegria e felicidade compartilhada com outras pessoas, isso é o importante.

Muitas famílias se acabam por heranças, as vezes sem nem haver morte ainda. Acho isso muito triste, fiz uma opção de vida, prefiro as pessoas, sempre!

Nenhuma coisa, patrimônio, dinheiro, sequer se compara a um abraço de quem você ama, nada se iguala.

Então, se algum dia houver alguma dúvida, se um conflito for se instalar por bens, compare um momento de felicidade vivido com a pessoa com quem haverá a disputa. Não se ache otário se escolher a boa recordação, você só estará sendo o melhor de você mesmo.

A foto acima é das sobras de louças inglesas da minha mãe, guardei as boas lembranças dos momentos em que as usamos.

Contadora de história

De repente me vi aposentada à fórceps, saíram comigo do cargo que eu ocupava há vários anos, normal, a vida tem dessas coisas.

Estava no meio da minha viagem de férias e resolvi que não pensaria nisso até voltar. Não que se consiga fazer isso completamente, mas já ter uma aposentadoria me deu certa tranquilidade, trabalhava para complementar a minha renda.

Há algum tempo já vinha me questionando sobre o que fazer depois, quando saísse do meu emprego, já que se tratava de uma assessoria e apenas um cargo de confiança. Não gostaria de parar de trabalhar. Concomitantemente, me perguntava qual seria a minha real vocação, porque no decorrer da vida nunca me senti fixada em uma só.

Multitarefa, com várias potencialidades, queria fazer alguma coisa que tivesse significado para mim e para os outros, que não entrasse em confronto com os meus valores.

Essa foto é de uma das palestras que assisti #ElaFazHistória, do Facebook, no ano passado, buscando respostas. Agora estou fazendo alguns cursos online… Neles aparece sempre uma pergunta, o que você sempre gostou de fazer?

Num desses cursos ouvi essa expressão, contador de história, me encontrei! Lembrei que no decorrer da minha vida sempre escrevi: em criança, estorinhas, na adolescência e juventude, poesias, já madura nos meus blogs. É isso!

Ainda não sei bem como transformar isso em renda complementar, estou me planejando e estou feliz, por enquanto vou escrevendo para vocês, por aqui…

Artesanato

artesanato

Eu acho artesanato uma coisa incrível, aprecio, compro e uso. Admiro as pessoas que tem esse dom, elas transformam o dia-a-dia em arte. Coloquei nesta foto um pouco daqueles que tenho e estou usando atualmente.

Na minha família, sempre tivemos tricoteiras, bordadeiras, crocheteiras, eu fiz um pouco de cada coisa, mas nunca no nível de excelência de minha mãe, tias e primas, amo olhar cada peça produzida até hoje. Minha cunhada é uma artista de extremo bom gosto, uma artesã talentosa!

Cada peça de artesanato é um trabalho único, produzida com carinho, atenção, amor e dedicação. Ninguém no mundo terá uma peça igual a sua. Uso muitas roupas produzidas assim.

Vejo que nem sempre o artesanato tem tido o valor que merece, muitas vezes querem pagar por esse trabalho, que leva horas, dias de pura dedicação, o preço de um produto produzido em larga escala. Não é assim, o artesão não é uma máquina, ele coloca no seu trabalho um talento ímpar e horas de entrega.

Ao pegar e apreciar uma peça de artesanato reconheça o talento que está por trás dela, não questione o valor, se não quiser não compre, mas respeite o labor de quem a produziu e a habilidade e dedicação que ali está contida.

Aos artesãos desse Brasil todo o meu respeito!

Auto sabotagem

 

Existe melhor definição para auto sabotagem do que essas duas fotos?!

Já acordamos pela manhã colocando defeito em nós mesmos, a cara está amassada, engordei, estou cheia de olheiras, essa roupa não caiu bem… Que tal parar com isso imediatamente?! Pare de se julgar!

O olhar com o qual nos olhamos, a crítica que nos fazemos tem que ser diferente de tudo o que fizemos até aqui. A auto sabotagem acaba com nossas possibilidades em construir o melhor de nós mesmos. Use a sua sensatez para chegar num equilíbrio interior, para olhar com sabedoria para a sua essência. Você é muito melhor do que a sua censura enxerga.

Quando fizer a sua crítica se pergunte, como posso me aperfeiçoar, porque é isso que precisamos, nos tornar melhor por dentro e por fora e não nos boicotar. A culpa e o medo nos sabotam, sai dessa!

Não deixe a sua crítica sem cor apagar a sua luz interior!

 

Vai um cafezinho aí?!

café

Gente eu amo café, mas o meu amar vai um pouco além de gostar de tomar rsrsrsrs. Resolvi ler sobre café,  fiz um curso de barista , por fim abri uma cafeteria, faz tempo.

Não tenho mais a cafeteria, passei adiante, descobri que gosto mesmo é de servir um bom café, vender não é a minha praia.

Hoje resumo essa paixão da seguinte forma: tenho uma boa cafeteira em casa, compro um bom café em grão, que moo em casa e coo o café na hora de tomar. O curso de barista fez isso comigo, me fez gostar da qualidade…

Ao contrário do que é dito, um bom café pode fazer bem à saúde.  Um café feito e tomado na hora está livre de boa parte da cafeína, um espresso (com S mesmo, café feito na hora, como significa na Itália) é melhor ainda, cheio de óleos essenciais, muito benéficos.

Nasci numa cidade onde a maioria das pessoas toma uma bebida chamada essência, eu explico, coa-se um café super forte, se guarda numa garrafinha e vai acrescentando a mesma na xícara com água quente quando se quer tomar um café. Outra opção comum em Pelotas é o café solúvel. Eu particularmente não gosto de nenhuma dessas opções.

Também em Pelotas existe o café Aquarios, onde a maioria dos homens se reúne para tomar café e discutir todos os assuntos possíveis, hoje em dia é mais frequente a presença das mulheres. Lá se toma uma opção melhor à essência e ao solúvel, café da hora. De uns tempos para cá chegaram os espressos. Tem uns bem legais na cidade.

Já tomei muitos cafés coados, claro, até hoje tomo, se for na sua casa tomarei de bom grado. Mas toda paixão tem dessas manias, deixar na gente um traço de perfeccionismo em busca do melhor sempre.

Hoje tomo apenas 2 ou 3 cafés por dia, mas todos de qualidade, a saúde agradece!

Ótimo fim de semana!

Médicos Sem Fronteira

doctors-without-borders-1277819_1920

Um dia percebi que não seria a mulher que abraçaria o mundo, como tanto sonhei.

Já que não tenho como humanizar um pouco mais o planeta, posso ao menos ajudar quem pode fazer mais do que eu…

Quando vi as campanhas impactantes no Brasil e no exterior, quando me dei conta que jamais conseguiria realizar a minha utopia de ajudar quem precisava, de uma maneira grandiosa, olhei quem poderia fazer por mim e escolhi os Médicos Sem Fronteiras .

Por que eles?! A minha escolha foi simples, o imenso número de pessoas que recebiam o auxílio de uma instituição idônea. Até agora nunca ouvi falar de desvio de recursos por essa entidade, que recebeu o nobel da paz em 1999…

Já ajudei outras instituições, mas escolhi essa para enviar uma doação todos os meses. Tenho a esperança de que gentileza gere gentileza e torne o mundo melhor!

Costumamos gastar um pouco mais com festas, futilidades, coisas desnecessárias e existe muita gente que precisa bem mais do que nós. Que tal uma doação para uma entidade que você ache séria?! Que se dedique a uma causa que te diga respeito e que te toque no fundo do coração?!

Eu escolhi doar para Médicos sem Fronteiras #msf !

Fica a dica!

 

Bloco de gelo

https://pixabay.com/pt/

foto do pixabay

Gente este ano um bloco de gelo maior que o distrito federal se desprendeu na Antártica, 5,8 mil quilômetros quadrados, muuuuito grande.  Os satélites ficaram monitorando, porque ele pode atrapalhar a navegação.

Por que eu estou falando disso?! Primeiro porque falo de tudo mesmo que me chama a atenção, segundo porque vou fazer uma analogia… Quando os problemas da vida se tornarem insuportáveis que tal se desprender deles?

Monitore sempre os seus sentimentos e os seus problemas para não se afundar com eles, para não atrapalharem a navegação da sua vida.

Eu sei, nem sempre dá, mas podemos fazer um exercício, eu consigo resolver este problema?

Se sim, vamos ver as opções de resolução e correr atrás da solução e tirar isso logo da nossa vida.

Se não, coloque isso na caixinha de não resolvidos e siga em frente. Não adianta ficar martelando o que não se consegue destrinchar, só se vai cavar o poço em que já se chegou ao fundo. Está na hora de começar a escalar o poço e subir.

Como o iceberg se descole daquilo que pode te fazer naufragar. Sim eu sei que é difícil, mas na vida tem-se que navegar…

Bom dia queridos!

Lisboa, um amor antigo

Lisboa - ultimo dia_choro

O que dizer de um lugar que você chora ao pisar, como se estivesse voltando depois de anos de saudade?!

Foi essa a emoção que senti ao chegar em Lisboa, estava voltando para a minha terra…

Planejei essa viagem por 10 anos. Comprei um guia de turismo, ainda em papel e fui lendo, sem ter a idéia de quando iria realizar esse meu sonho. Sabia que um dia essa expectativa iria se concretizar, isso eu tinha certeza!

Fiz essa viagem com duas grandes amigas, que me ajudaram a materializar um pensamento acalentado por muitos anos.

Já fui duas vezes a Portugal, por mim iria mais e outra vez, e de novo e novamente. Sem nunca cansar do meu lugar mágico.

Te convido a concretizar os teus sonhos… Vamos juntos?!

 

 

Esta consumidora de 50 anos

consumidora

Esta consumidora em especial gosta de qualidade e só gasta com aquilo que avalia muito bem.

Cheguei numa idade que não compro qualquer coisa porque é moda, nem pensar, posso até comprar um item que está bombando, mas ele tem que me agradar e muito!

Classe média, cinquentona gasta com o que lhe satifaz!

Viagens sonhadas por anos, excelentes perfumes, bons restaurantes, roupa de grife (eventualmente em liquidação). As mulheres investem em toda a linha de cremes anti idade, hidratantes e anti-rugas, filtro solar, perfume francês, bijuteria fina, sapato, bolsa. No meu caso, apenas creme hipoalergênico e filtro.

Então toda a empresa que se preze deve prestar bem atenção no seu consumidor em potencial. Ele muda e muito com a idade, os interesses não são os mesmos da juventude. Aprendemos a gastar mais com a qualidade do que com a quantidade.

Troco qualquer roupa da moda por investimento em viagens!

Foto típica de turista em shopping, que mais experimentou do que comprou…

Golpes e outras coisinhas a mais

celular

A tecnologia veio para ajudar, mas é usada para o bem e para o mal…

Essa semana recebi uma série de telefonemas no celular. Ora custavam a entrar na linha, depois aparecia uma pessoa falando estranho, porém se apresentando como representante de uma operadora de celular.  Cada telefonema de uma região diferente do país, presídio!

Você já deve ter recebido uma série de mensagens com links, pedindo para teclar e atualizar a conta na Caixa ou outro banco qualquer, outra dando acesso a uma conta que esqueceu, enfim, golpe atrás de golpe…

Links maliciosos tentando te levar ao engodo! Todos enganosos, que você recebe via e-mail, celular, pelo Whatsapp e em outras inúmeras formas de mensagens.

Estamos suscetíveis a todo o tipo de engodo. Alguns criminosos são mais especializados, outros mais grosseiros, como os do telefone.

Eu trabalhei 15 anos num instituto de tecnologia, hacker bom é excelente em ludibriar,  percebo algumas mensagens refinadas, que qualquer um cairia mesmo na armadilha.

A Avast (citei essa empresa porque é a que uso) tem essa definição para Malware & Anti-malware, :

Malware refere-se a qualquer tipo de software malicioso que tenta infectar um computador ou dispositivo móvel. Hackers usam malware para vários motivos, como extrair informações pessoais ou senhas, roubar dinheiro ou evitar que os proprietários acessem seu aparelho. Você pode se proteger contra malwares usando software anti-malware.

Desde que você esteja conectado, qualquer hacker pode invadir suas contas nas redes sociais ou o seu e-mail e pegar os seus dados pessoais e bancários.

Toda a atenção é pouca – cuide-se!

 

 

Tragédias pessoais


Todos nós temos as nossas tragedias pessoais, algumas menores outras não. Vou falar de uma que me atingiu na casa dos cinquenta anos, me testando a capacidade de superação no limite máximo.

Tive outras em minha vida, ainda jovem, a idade me ajudou a superar a perda do meu pai, do tio Juvenal, muitíssimo querido, da minha amada avó e de uma filha, ainda na gravidez, já adiantada, várias outras perdas, no decorrer da vida.

Mas aos cinquenta anos tudo parece ser mais lento, até a superação…

Em abril de 2015, a minha irmã de coração, amiga de uma vida, desapareceu, em Pelotas, cidade em que nasci e vivi por mais de trinta anos. Entrou em casa pela última vez na noite do dia 9. Cláudia Pinho Hartleben nunca mais seria vista!

Ainda lembro, com tristeza, do telefonema do meu filho me avisando, na madrugada do dia 11!  Sim, até a tarde do dia 10 poucos suspeitavam que ela estava desaparecida. Colegas da Universidade acharam estranho o não comparecimento dela a uma reunião, nunca faltou a um compromisso profissional, então começou a procura.

Sem saber o que fazer de longe, dediquei o meu primeiro blog para ela, hoje se chama: Para Cláudia – UMA MEMÓRIA ETERNA!

Boa parte dos meus cabelos ficou branca, um desaparecimento não é superável, nunca acaba. Apenas passei por ele e venci a depressão que começou a se instalar escrevendo sobre a Cláudia e para ela.

Ficou uma eterna saudade…

Cozinhando

coração cozinhando

Hoje vou puxar a sardinha para o meu lado!
Se você quer ver umas receitas simples, práticas e rápidas visita o meu blog Cozinhando!

Fui escrevendo lá todas as receitas de cabeça que eu fiz no decorrer da minha vida, de memória.

Vez ou outra vou postar aqui algumas receitas, porque ninguém merece, por mais que goste de cozinhar, passar um final de semana na cozinha, não é?!

Tenta essa aqui: As latas me salvaram!

A fotinha é para mostrar para vocês que nem todos dominamos todas as habilidades  da vida rsrsrsrsrs…

E lá vou eu…

caminhão na estrada

 

E de caminhão, sim você leu direitinho.  Viajo de caminhão com o meu marido desde 2012.

Nada como conhecer o Brasil estrada a fora, de pertinho, ele a trabalho e eu como acompanhante. Amanhã seguimos para o interior de Minas.

Então não estranhe se me sentir um pouco ausente, tô na estrada e nem sempre conectada!

Eterna criança

mafalda

Eu tenho a maior empatia com a minha criança interior. Curto essa minha menina com o maior carinho. Gente, verdade, brinco pra caramba, a vida fica muito mais leve.

Não confunda brincadeira com inconsequência, sou muito responsável, parece antagônico, mas não é, a vida pode ser muito melhor com humor e alegria.

Não ía perder nunca a oportunidade de tirar uma foto com a Mafalda, sou a maior fã!

Como também nunca perdi a oportunidade de uma boa risada, de uma diversão com as crianças, de viajar nas minhas brincadeiras.

Falo sério, não perca a oportunidade de rir, nem que seja de você mesmo!

“Em minha casa reuni brinquedos pequenos e grandessem os quais não poderia viver. O menino que não brinca não é meninomas o homem que não brinca perdeu para sempre o menino que vivia nele e que lhe fará muita falta.”
Pablo Neruda

Reencontro 

IEAB

A vida nos proporciona alguns ótimos reencontros. Participo de um grupo de Whatsapp com antigos colegas de colégio, a maioria estudou junto do jardim de infância até a 8ª série em uma escola pública, aliás excelente.

Temos revivido histórias, memórias deliciosas. Essa semana, falávamos como foi boa aquela época, é uma unanimidade entre nós.  Talvez apenas uma nostálgica recordação.

Mas brincávamos na rua sem a preocupação da violência, muitos íam a pé e sozinhos para o colégio.

A nossa formação foi humanista, pautada no respeito ao próximo, à liberdade com responsabilidade e o reconhecimento dos limites. Sempre fomos avaliados a tanto por conhecimento quanto por comportamento.

Não era preciso recorrer a escola privada para ter educacao de qualidade. Escolas publicas excelentes não eram um sonho.

É para dar saudade mesmo…

Ótimo dia!

Um instante de felicidade


Eu ontem escrevi um texto para publicar hoje, faltando pouco para terminar. Ao ouvir essa frase hoje mudei completamente o foco: um instante de felicidade…

Lembrei o quanto a vida pode ser dura e resolvi escrever sobre esses pequenos momentos que nos marcam e nos dão ânimo para seguir em frente.

A idade carrega por si só dificuldades e nos impõe superar esses obstáculos.

Nos pegamos mais tristes com o passar dos anos. Estamos mais sucetíveis a adoecer. Temos mais preocupações com o nosso sustento e o da família. Posso enumerar muitos dos motivos de ansiedade que povoam a nossa cabeça.

Sou uma pessoa otimista, mas que se abala com os solavancos que a vida nos impõem.  Haja energia mental e física para suplantar cada um.

Por isso pensei nesse exercício fácil de se fazer:  anotar cada instante de felicidade no seu dia. Qualquer um, pensamento, lembrança, ver uma flor, um telefonema, bichinho, música, qualquer coisa que te toque.

Perceber que nesse momento fugaz existe uma magia que muda o humor,  dá alimento à alma. Então se nutra com cada instante. Some cada um deles ao seu dia.

A foto que coloquei hoje no post foi um pequeno instante de felicidade minha. Aconteceu durante a minha viagem, ao olhar para o chão de cimento percebi que os desenhos quase invisíveis ficavam perceptíveis com o cair das pétalas das flores. Cada vez que olho essa foto a sensação boa volta.

A natureza me tocou…

Um bom dia para todos!

Quem disse?!

salto de paraquedas - maio 2010

salto de paraquedas – maio 2010

Pós cinquenta, porque ainda nos preocupamos sobre o que as pessoas vão pensar?! Porque precisamos da aprovação dos outros?!

A resposta é: reconhecimento, buscamos no decorrer de nossas vidas, primeiro  dos pais, depois na família, amigos, escola, parceiro, filhos, trabalho e assim vida afora… É dessa forma por tanto tempo que pode nos levar a esquecermos de quem realmente somos, gostaríamos de ser ou ter sido.

Mas agora, volto a dizer, rompemos a barreira dos cinquenta, metade da vida se foi, está mais do que na hora de ser o que se quiser ser.

Pare de imaginar o que os outros vão pensar ou dizer. Olhe para dentro de si e se pergunte: o que você quer?! Se não é ilegal, imoral ou engorda (esquece esse)… Vá em frente, se agrade, pare de satisfazer os outros, já passou boa parte da sua vida fazendo isso.

Eu sei, é difícil, foram anos de treinamento intensivo de se boicotar, para agradar quem estivesse ao lado. Tudo na vida tem um começo, estou propondo que você inicie agora a se olhar e responder, quem você realmente é e o que você quer fazer daqui para frente.

Quem disse que não dá?! Quem disse que não pode?!

Boa tarde pessoal!

Viagem

Estação Atocha - Madri - Espanha

Eu leio muito sobre viagens! Acho que o turismo é uma vocação tardia que se apresenta.

Gosto de planejar uma viagem nos mínimos detalhes. Começo pensando, lógico, o para onde, em primeiro lugar. Ao decidir lugar, decido qual a melhor estação para mim, então escolho a data.

Escolher o hotel é uma incursão menor ao passeio, antes mesmo de viajar, preciso conhecer a cidade e as suas perspectivas, sim, então leio muito sobre o local, consulto o maps , dou uma viajada antecipada.

Viagem é sonho, uma alegria, a mais quando tudo é planejado com detalhes. A minha jornada é uma delicia desde o planejamento, que dura meses, curto cada momento, viajo mesmo antes!

Estava lendo uma matéria, relativa a uma pesquisa do booking.com . Falava sobre a felicidade das pessoas ao viajar, o destaque era: as pessoas se sentem mais felizes ao viajar do que ao casar.

Bem tenho uma consideração aqui, são momentos diferentes. Viajar é uma paixão, cada lugar, uma paixão momentânea. Um namoro também começa como paixão, vira amor no decorrer. Viajar é ter vários namoros, casamento é se decidir por um só.

Para viajar não precisa de consorte, apenas decidir para onde se quer ir…
E aí gente, quem como eu gosta de viajar?!

Boa semana! Bons sonhos, boas viagens…

Domingo 

Não sei vocês, mas domingo era meio triste, fim de festa, segunda-feira tá logo ali, ahh, fala sério que o fim-de-semana está acabando?! 

Sempre gostei de ficar acordada de sábado para domingo vendo filmes, amo madrugada, o silêncio dela, ver filmes na noite silente, coisa boa essa. Mas quando acordava no domingo batia uma tristeza. Agora não mais!

Então bora lá, respira fundo, joga a coberta longe e ânimo, porque você já gastou mais de 50% da vida, rsrsrsrsrsrs, portanto qualquer dia e qualquer hora é importante sim!

De minha parte pretendo levantar cedo e conhecer um atacadão que inaugurou por aqui, que tem uma prateleira imensa de temperos, uma das minhas paixões. 

Depois café da manhã com a família numa confeitaria cheia de comidinhas legais. Muitas brincadeiras com os netos.

Domingo legal é a gente que faz! 

Agora olha aí embaixo e me diz se não farei a festa?!