Pavê zás trás

Estou de dieta restrita de açúcar e só penso em escrever receitas de doces.

Mas, na verdade, são receitas super rápidas e fáceis.

Então, meus queridos, vocês poderão arrasar nesse final ou início de semana com essa receitinha super rápida e gostosa, a família e os amigos agradecem!

  • 1 lata de leite condensado
  • 1 lata de creme de leite
  • Suco de 3 limões  (pode ser taiti ou siciliano, este deixa o pavê mais suave)
  • 14 bolachas maria (pode ser substituída por biscoito de leite, maisena ou champanhe)
  • 1 pacote de suspiro (merenguinho)
  • Raspas de um limão
  • 1 liquidificador
  • 1 prato refratário

Bata no liquidificador o leite condensado e o creme de leite, acrescente o suco de limão. No prato refratário cubra o fundo com parte desse creme, cubra com a metade do biscoito e esfarele metade do merenguinho por cima. Repita a operação e jogue por cima as raspas de limão.  Leve ao congelador por 1h.

Se quiser incrementar essa receita coloque fatias de morango entre as camadas, dobre a quantidade de merenguinho, o  sucesso é garantido!

Uma delícia só…

Mais uma gostosura para a sua mesa!

Dia Internacional da paz

pós 50

É hoje, o dia Internacional da Paz, será que temos realmente como comemorar isso?!

Onde neste mundo está havendo paz?!

Eu não sei responder isso, porque os conflitos pessoais são enormes, as desavenças entre grupos nem se fala.

Em Myanmar uma minoria muçulmana tenta desesperadamente fugir da perseguição e limpeza étnica que o governo impõe. Por quê não conseguimos conviver com as diferenças?!

Tivemos uma forte ameaça no mundo, por Coréia do Norte e Estados Unidos, assistimos os seus governantes se degladiarem, podendo estabelecer uma nova guerra mundial. Agora há uma chance para um armistício finalmente, depois de décadas, seja restabelecida as negociações, com o objetivo de superação do conflito.

Não existe paz na desigualdade, onde existe a fome, onde não há democracia, onde os povos sofrem com os tiranos.

Triste mundo esse nosso onde apontar o dedo para o erro do outro é sempre o início de um novo…

Ver o post original 127 mais palavras

Telemarketing – o que você deveria ter aprendido e nunca ninguém te ensinou

 

Sempre levo em consideração as pessoas que me ligam do telemarketing, porque a minha nora já trabalhou nesta área, há muitos anos, mas já foi sua profissão, então tento escutar, mesmo quando não vou aceitar a oferta, digo com toda educação, obrigada mas no momento não estou interessada, uma boa tarde para você. Segue-se a isso mais insistencia e eu agradeço e desligo.

Mesmo quando eu procuro um telemarketing, para pedir algum serviço ou para reclamar de um, tento manter um diálogo polido, por mais que eu esteja irritada na hora. Até mesmo porque geralmente você tem que ligar no mínimo mais duas ou três vezes para conquistar o pretendido. É uma tristeza.

No curso do telemarketing devem ensinar a serem robôs: repitam 200 vezes, rapidamente, a mesma proposta, para que aceitem a oferta, para se livrarem daquela chateação.

Hoje eu vou falar do cúmulo do cúmulo da falta de empatia que aconteceu comigo em duas ocasiões num telemarketing.

A primeira ocasião foi no ano passado, em novembro. Eu estava no hospital, com a minha mãe, de 92 anos, internada, e, óbvio, ela não estava bem quando me ligaram. Um rapaz, de um serviço bancário, perguntou: é a Adriana? Respondi que sim,  e ele falou: tenho uma ótima proposta do banco tal para a senhora. Eu então disse, olha, obrigada, mas no momento estou acompanhando minha mãe no hospital e o estado dela é grave, eu não tenho condições de conversar.  Resposta da pessoa, é só um minutinho, não vai lhe atrapalhar em nada!

Oi, para o mundo que eu quero descer! Quem está treinando essas pessoas?! Que tipo de curso é esse?! O que fizeram com este rapaz?!

A segunda ocasião foi hoje! Me ligaram de um banco famoso, vou aqui chamar de banco ESSE, perguntando se estavam falando comigo, sim claro sou eu, respondi e aí a pessoa se identificou, como banco ESSE, eu pedi desculpas e disse que não poderia falar, por ter feito uma cirurgia de boca, prontamente ela respondeu, não tem problema, vamos falar por WhatsApp, desligou e começou a me mandar mensagens e a proposta.

Alô ?!  Em que momento uma pessoa que acabou de fazer uma cirurgia,  que está latejando e com dor, quer falar sobre proposta bancária pelo WhatsApp?!  Não contentes com minha falta de resposta voltaram a ligar passadas 2h.

Então aqui envio a minha proposta para as escolas de telemarketing!

Faço um treinamento de empatia para os treinadores desta profissão, fui gerente de equipe, de grandes equipes, sempre ensinei que atrás de uma carta ou telefonema existe uma pessoa, não sejam frios nem impessoais, tratem como se fosse alguém que lhe seja caro.

Me contratem! Eu posso dar um curso de empatia, de como você ser solidário com a pessoa do outro lado da linha, não ferir seus sentimentos e agregar valor ao seu produto e a sua instituição!

Tenho certeza que vocês farão muito mais clientes assim! Olha aí o meu texto, conheço até a linguagem de mercado que vocês usam…

Meu nome é Adriana Fetter, tenho um vasto currículo profissional, lidando com pessoas e sentimentos, entrem em contato, discutiremos o preço deste grande benefício e investimento para vocês, com uma vantagem a mais, vou cobrar bem menos para ensinar ao seus capacitores, do que a empresa ineficiente a quem vocês tem pago, por esse lixo de treinamento.

E tenho dito!

Um momento pode mudar tudo

pós 50

Li essa frase ontem, é sobre um lançamento de um novo filme, isso tem sido muito presente na minha vida, momentos que podem mudar tudo, realmente podem!

Uma amiga querida desapareceu da noite pro dia e nunca mais foi encontrada, vi meu pai sair caminhando para o hospital e nunca mais voltar,

Um terremoto no México mudou a vida de muitas famílias, foi uma grande tristeza pairando sobre elas. Assim foi também com as bombas, com as guerras, assim está sendo com os furacões, o nosso mundo está mudando e não estou vendo muita gente tentar mudar alguma coisa para que este mundo fique melhor.

O que nós vamos fazer para que os nossos instantes futuros se tornem mais razoáveis?!

Acredito que para as mulheres o momento em que tudo muda é quando se tornam mães, você conhece o amor incondicional, isso muda a sua vida, por isso mesmo vejo…

Ver o post original 70 mais palavras

Perennials

pós 50

Somos nós, as mulheres de 40 a 60! Vocês sabiam disso?! Aquelas que não seguem a cartilha da meia-idade. Eu estou aprendendo e me achei nessa definição.

Comecei a ler alguns artigos sobre o tema, super interessante, porque nos define a partir de um estilo de vida, no mercado de trabalho, como consumidoras e nessa faixa etária.

Não há uma identidade com uma determinada idade, também não se esconde a própria. Não é a idade que define essas mulheres, elas usam jeans, camiseta, transitam por várias faixas etárias com facilidade.

Para deixar mais claro, perennials vem do inglês perenne, traduzido como constante, permanente. Não somos senhoras de meia-idade, somos mulheres que estamos passando pela meia-idade, com melhor saúde que as gerações anteriores. Estamos vivendo nossa plenitude! Cheias de vida e projetos pessoais.

O que mais me chamou a atenção foi um sentimento, porque concordo em número, gênero e grau, não…

Ver o post original 23 mais palavras

Feminismo – por que a palavra causa tanto frisson?!

rau-1966045_1920

Que palavra que gera confusão na nossa sociedade! Não vejo sequer motivos para isso.

Há uma nítida confusão entre femismo e feminismo. Sabem a diferença?! O femismo prega a superioridade das mulheres em relação aos homens. O feminismo a igualdade de direitos entre homens e mulheres e acesso as mesmas oportunidades.

Sim, feminismo é uma palavra que pressupõe lutas, não por disputa, mas para se conseguir a aceitação de que, independente de sexo, todos temos os mesmos direitos, o que atualmente não existe.

E é exatamente esta luta que parece agredir quem dela não participa, ou ainda não se sentiu representada, ou ainda, quem assimilou profundamente os conceitos da sociedade em que o homem lidera e comanda.

Existe uma vanguarda mais agressiva?! Claro que sim, em qualquer movimento que propõe conquistas sociais, mudanças no que está estabelecido há anos, sempre haverá uma vanguarda, sempre teremos as que fazem a política do movimento e o enfrentamento com aqueles que não o aceitam e certamente serão as mais agredidas também.

Em tempos tão violentos, em sociedades tão desiguais, em costumes agressivos, mutilações, perseguições impostas as mulheres, não é possível desejar viver em paz e ser tratada com respeito?! Não se pode pensar em ser considerada para as mesmas oportunidades masculinas?! Seria humano, haveria uma evolução e um engrandecimento nas relações interpessoais.

Vejo termos nefastos, depreciativos, desrespeitosos para falar das mulheres que, como eu, se intitulam feministas, nunca fui tratada com desrespeito, mas me sinto atingida por todas as que são ofendidas.

O mais interessante é que quando penso em feminismo me vem a mente o maior homem feminista de todos os tempos, Jesus, aquele que sempre pregou contra a opressão das minorias, que pregou uma nova maneira de se viver em sociedade, e deu um tratamento respeitoso a todas as mulheres de sua época. Convivia e incluía as mulheres em suas pregações. Jesus pregou para os oprimidos.

E aqui relembro, enquanto os homens se esconderam por ocasião de sua crucificação, as mulheres choraram ao pé da cruz, pelo amor, atenção e respeito que lhes foi dedicado. Acho que sequer preciso falar em Maria Madalena…

Então, se há milhares de anos esse homem entendeu a importância de se tratar todos de forma igual, com respeito e amor, por que essa busca hoje traz tanta perturbação?!

Eu resumo minha palavras assim: respeito, igualdade de direitos, amor ao seu igual.
É isso que desejo a todas as mulheres, e anseio para as minhas netas e todas as que virão, que tenham um mundo mais justo e amoroso.

A dor e a delícia de ser mulher

pós 50

Se tem uma coisa que eu sempre gostei de ser foi ser mulher.

Só invejo os homens em um único momento,  o de usar o banheiro público.

Como mulher temos uma sensibilidade ímpar e quando somos mãe criamos um vínculo inigualável com os nossos filhos.

Mulheres, podemos ser as melhores amigas ou as mais vingativas criaturas. Acolher ou repudiar, faz parte da alma feminina essa contradição.

É óbvio que nem tudo são flores, as mudanças hormonais durante a vida, o estresse da dupla jornada,  como somos sobrecarregadas.

Sofremos preconceito na carreira escolhida e, quando optamos por ser só donas de casa e mães, também sofremos preconceito,  como se não tivéssemos nenhum afazer, esperam que estejamos sempre lindas, perfumadas e perfeitamente arrumadas.

Também somos vítimas da violência do homem, muitas vezes o próprio companheiro, um histórico triste.

Mas como conduzimos nossas vidas e nossa jornada com destreza, sabendo conciliar inúmeras tarefas…

Ver o post original 46 mais palavras

Despedida

As vezes a vida te impede de estar perto das pessoas que são importantes para você, as vezes os caminhos trilhados foram diferentes, mas o que verdadeiramente importa é que o seu coração te diz, o que realmente sente, aquilo que nunca será apagado. Independente do tempo que separou, ou da situação que afastou, o que importa é o que o seu coração te fala, e o saber do quanto aquela pessoa foi especial.

Hoje uma das pessoas especiais da minha vida se foi, eu não tenho como me despedir, mas queria registrar aqui o quanto foi presente na minha vida, independente do tempo, da distância ou dos caminhos escolhidos que nos afastaram.

Que Deus o abençoe e acolha!

Quem me irrita me domina

pós 50

angry-2191104_1920

O título parafraseia Elizabeth Kenny que diz que aquele que te irrita, te domina e ela tem toda a razão!

O poder que a pessoa exerce em cima de você quando ela te irrita é enorme, porque ela consegue te tirar do eixo, e se ela descobre isso que pode te abalar, ela vai usar sempre essa tática.

O que temos que fazer quando a pessoa nos irrita é desviar disso, não entrar na mesma energia. Literalmente, sair pela tangente.

Dificil né?! Então, primeira dica, respira fundo, tenta se acalmar. Segundo, sorria. A respiração é uma arma poderosa para que o nosso eixo permaneça onde ele deve estar. Imagina aliada a um sorriso?!

Se você souber lidar com a sua irritação você vai conseguir fazer do limão uma limonada e, se possível, faça uma piada. É como se você usasse um espelho para refletir a irritação, se não pegar em você…

Ver o post original 27 mais palavras

Você já foi a Bahia nega?! Então vá…

pós 50

Sempre que conheço um lugar pelo qual me apaixono tenho vontade de mostrá-lo a todas as pessoas que convivem comigo. Assim foi com Salvador.

Salvador, porque circunstâncias mágicas nos fazem lembrar de coisas boas e Salvador, certamente, é uma coisa ótima em minha vida. Lá tenho amigos que conheci trabalhando e hoje fazem parte de mim. Por eles sinto saudade eterna …

Terra de bons amigos, pessoas queridas, excelentes profissionais, sim na Bahia se trabalha muito e bem! Profissionais que deveriam constar na lista dos melhores.

Salvador tem uma energia mágica, sempre quero voltar, mais e mais … Devo ter ido umas dez vezes, muitas a trabalho.

Quando estava no mestrado um amigo meu, Paulo, me dizia que abriria uma consultoria chamada Rio Vermelho, eu, gaúcha recém cortando o meu cordão umbilical com minhas raízes, não tinha noção do quanto o bairro do Rio Vermelho marcaria a minha vida.

Lá…

Ver o post original 183 mais palavras

Pavê de chocolate – uma das minhas saudades

pós 50

image-1.jpgAtenção – Precisa de tempo para gelar  – 6h

É pavê, o melhor pavê de chocolate da minha vida, minha avó fazia em ocasiões especiais, véspera de ano novo, por exemplo!

Estou revivendo essa lembrança  de criança, porque minha avó fazia ser especial, principalmente as comidas, que eram maravilhosas.

Vamos para a receita:

• 1 caixa de chocolate 200g – de muito boa qualidade

• 1/2 k gordura de coco

• 1 pacote de biscoito champanhe

• 6 gemas

• 6 claras batidas em neve

• 1 xícara de nozes ou cereja em calda ( o que você preferir)

• 12 colheres de açúcar

• 1 xícara de cafezinho de licor

• leite para umedecer os biscoitos

• óleo para untar o prato

• papel alumínio

Faça uma gemada com as gemas e o açúcar, misture o chocolate, derreta a gordura de coco (não ferva, só aqueça levemente para derreter)…

Ver o post original 122 mais palavras

Férias

Em memória de minha amiga/irmã, Cláudia Hartleben, desaparecida em 9 de abril de 2015…

Para Cláudia

Claudia_Hartleben

E então tu saístes de férias, longas, deixando-nos aqui atordoados sem saber para onde viajastes?! Quanta crueldade de tua parte em não nos contar isso, como somos idiotas, não é mesmo?! Estamos aqui firmes assistindo a exposição da tua vida por todos e por ninguém …  Quem em uma teoria insana poderia achar que estás a passeio?! Não estamos fantasiando o teu desaparecimento, mas ainda não temos um corpo, ainda não temos um acusado, ainda não temos um culpado, não temos provas que estás morta… Então, por mais mínima que seja a chance de estares viva, em cárcere, vamos pensar no milagre da tua sobrevivência, mínimo, mas existente. Não importa que estejamos sendo julgados pela nossa fé, acham que não pensamos o pior?! A todo o momento esse terrível pensamento povoa as nossas mentes, já choramos intermináveis vezes por aquilo que não sabemos e nos assombra. Essa situação é um…

Ver o post original 246 mais palavras

Cuca de liquidificador

pós 50

Imagem0026
Massa de liquidificador?! Para cuca?!  Por que não?! Quando a saudade bate – ligo o liquidificador, porque não tem outro jeito mesmo.
Aqui queremos simplificar a vida, portanto se quiser uma cuca perfeita acho melhor comprar, perfeita mesmo só comi algumas em minha vida, as da minha avó Olga, as da minha tia-avó Marina,  e algumas da família delas, outras no Rio Grande do Sul. Atualmente, pude conhecer as da Anna Thaís, da Dona Cuca, aqui em Brasília, mas essa agora só em Canoinhas/SC, ela se mudou para lá e nos deixou na saudade…
30 min – 10 porções
Ingredientes para a massa:
  • 1/2 copo de óleo (aquele americano, se não tiver usa o copinho plástico de 200ml)
  • 1 copo de leite
  • 2 copos de farinha de trigo
  • ovos
  • 1 colher de fermento em pó
  • 1/2 colherinha de sal
  • 4 colheres de sopa de açúcar (se quiser uma massa mais…

Ver o post original 188 mais palavras

Setembro Amarelo

pós 50

Vou abrir mão das dicas de sábado para falar de um assunto muitíssimo mais importante, a prevenção ao suicídio.

Entramos no mês de setembro e junto começou a campanha Setembro Amarelo, 10 de setembro é o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio.

Já falei aqui de solidão, de depressão, agora vou falar sobre suicídio, que cresce ano após ano. Dados oficiais falam da morte de 32 pessoas por dia no Brasil por suicídio. Alarmante e triste!

Antes assunto tabu virou um assunto de saúde pública, precisava ser abordado abertamente para possibilitar às pessoas um grito por ajuda.

O suicídio mata mais que todos os conflitos somados no mundo, quase um milhão de pessoas. Para cada um que morreu existem no mínimo mais 10 pessoas que pensam em fazer o mesmo.

Falar ainda é a forma de possibilidade de ajuda, segundo a Organização Mundial de Saúde 9 dos 10 suicídio que…

Ver o post original 54 mais palavras