O sapato do outro

Caminhando em seus sapatos, essa é a exposição no museu da empatia, uma experiência única para que as pessoas se coloquem no lugar do outro.

Eu vi um programa no GNT, aliás dois programas, que falavam disso, dessa exposição. O assunto é empatia, se colocar no lugar do outro, calçar o sapato deles e sentir sua bagagem de vida.

Essa prática foi feita por um museu que pegou literalmente o sapato das pessoas e a suas respectivas histórias narradas por elas.

Foram mostradas uma história de uma mulher muçulmana, outra de um boxeador, a história de uma mulher com uma diferença na perna, dentre varias histórias bem tristes de pessoas e suas dificuldades na vida.

Você calçava o sapato e também ouvia a história daquela pessoa, várias pessoas saíram chorando depois da narrativa, porque havia todo um contexto de entrar no contexto narrado.

Provocar a empatia, você se colocar no lugar do outro, ao calçar aqueles sapatos. Numa época em que nós vivenciamos tantas agressões verbais, preconceitos, racismo quem sabe calçar o sapato, nem que seja mentalmente, ao ouvir a história dos nossos semelhantes, já que essa experiência do museu não vai chegar para todos, não seria uma boa experiência?!

———–

“Antes de julgar a minha vida ou o meu caráter… Calce os meus sapatos e percorra o caminho que eu percorri, viva as minhas tristezas, as minhas dúvidas e minhas alegrias. Percorra os anos que eu percorri, tropece onde eu tropecei e levante-se assim como eu fiz. E então, só aí poderás julgar. Cada um tem a sua própria história. Não compare a sua vida com a dos outros. Você não sabe como foi o caminho que eles tiveram que trilhar na vida.” Clarice Lispector

Casa de alemã

Casa de alemã, é assim que uma amiga, dona de antiquário, fala da minha. Isso porque amo porcelana, como não tenho espaço, coleciono xícaras de cafezinho, lindas. Todas elas porcelana antiga, cheias de histórias, que desconheço.

Minha pequena cristaleira não sabe mais como acolher mais uma rsrsrs…

Quando criança gostava de abrir o armário da minha mãe e admirar, de longe, a louça ali guardada, muitas herança da minha avó paterna. Sim, era de muito longe, nenhuma mãozinha podia triscar por ali, então abria a porta e ficava namorando.

Dessas poucas coisas sobraram, eu mudei para Brasília, deixei o sul e tudo o mais ficou para trás. Mas as lembranças não!

Então, quando a Silvia abriu o antiquário, resolvi voltar no tempo e concretizar um sonho, decorar minha casa com louças, como minhas avós faziam.

Gente, elas são um sonho de lindas, minha paixão!

Pequenas visões de um lindo mundo

Viagem Portugal e Espanha – junho de 2017

inicio da viagem

Início da viagem – aeroporto de Brasília

navegantes

Navegadores – Lisboa

fonte Lisboa

Lisboa

elevador Santa Justa - Lisboa

Elevador Santa Justa – Lisboa

bairro alto Lisboa

Lisboa Bairro Alto

catedral coimbra

Catedral Coimbra

interior catedral Coimbra

interior Catedral Coimbra

Jardim das Lagrimas - Coimbra

Jardim das lágrimas Coimbra

Porquinho Mealhada

Mealhada – porquinho porque ninguém é de ferro

Beleza de Aveiro

Aveiro – canal

Bela Aveiro

A bela Aveiro

Porto Gaia - Rio Douro noite

Rio Douro – Porto ao fundo, Gaia abaixo

Livraria Lello Porto

Livraria Lello – Porto

Igreja Porto

Igreja dos Clérigos – Porto

Cafe Majestic Porto

Café Majestic – Porto

Bucolica Obidos

A bucólica Óbidos

Madri

Madri

Palacio de Cristal Madri

Palácio de Cristal – Parque do Retiro – Madri

Parque do Retiro Madri

Parque do Retiro Madri

Parque do Retiro2 Madri

Parque do Retiro Madri

Porta de Alcala Madri

Porta de Alcalá Madri

Estação Atocha Madri

Estação Atocha Madri

Sagrada Familia frente

Sagrada Família Frente – Barcelona

interior sagrada familia

Panorâmica interior Sagrada Família

Luminosidade da Sagrada Familia

Luminosidade Sagrada Família

Sagrada Familia fundos

Sagrada Família fundos Barcelona

Casa Amtller

Casa Amatller – Barcelona

La Pedrera Barcelona

La Pedrera – Barcelona

Parque Monjuic Barcelona

Jardim monte montjuïc barcelona

Barcelona de onibus

Barcelona de ônibus- Praça da Espanha

Barcelona linda

Visual de Barcelona

Barcelona de cima

Outro ângulo Barcelona

Uma viagem, uma história, muitas vidas

barcelona grandiosa

Museu Nacional de Arte da Catalunha – Barcelona

Conhecer outros lugares novos me refaz. Me formei em Estudos Sociais e depois em História, sou uma apaixonada pelas crônicas da vida. Sim, porque história para mim é um conjunto de crônicas de muitas vidas.

Sagrada Família

Eu tirei a foto do post de um ônibus de turismo, estava em Barcelona e queria conhecer muito mais da história e lugares dessa cidade majestosa, onde ao caminhar se olha para cima, baixo, lados e os detalhes são tantos que provavelmente você perderá 80% deles. Me sentia com saudades e nem tinha ido embora ainda. Queria descer e caminhar por esse lugar grandioso.

Calçada do Parque Guell

Subi nesses ônibus com vontade absorver tudo o que com os pés eu não poderia conquistar e foi pouco. Foram 3 coletivos, o vermelho, o azul e o verde, para sanar a minha sede de conhecimento.

Teto da Catedral Sagrada Família

Apesar da mais de centena de países que existe no mundo e minha vontade de viajar por muitos deles, Portugal e Espanha conquistaram o meu coração, para eles retornarei sempre que a vida assim me permitir.

Casa Amatller

Essa é apenas um pouco das maravilhas desta cidade única.

img_0855

Porto

 

fonte Lisboa

Lisboa

Boa semana gente!