Quando eu era criança…

O patinete era de madeira e o motor era o meu pé. As brincadeiras eram na rua e no jardim da casa. Passava a maior parte do meu dia fora de casa. Televisão era coisa rara que só se via a noite. De dia a gente brincava, lia gibi ou livrinho de estórias.

Brincar na rua era o máximo, nós aparecíamos para o almoço, para o café da tarde e para o jantar, esse era o compromisso com nossos pais, no mais havia liberdade de ir e vir, correr, brincar, tomar ar puro o dia inteiro.

Nesse dia das crianças eu desejo mais pipas a serem empinadas com crianças e seus pais, mais cantigas de roda, mais bolinha de gude, mais cinco Marias, mais pular elástico, mais pique-esconde, mais corre-corre, mais queimada de bola, mais banho de chuva e muito mais ar puro.

Que possamos todos nós adultos fazermos nossas crianças felizes!

Família

Tem dias que fico pensando sobre o que escrever. Falta inspiração, não surge nada, aí com as minhas leituras uma coisa apareceu, conflito em família.

Gente, família é uma coisa muito boa, mas também uma coisa muito complicada.

Não estou falando dos filhos diretos. Eu tive muita sorte com os meus, são ótimos, estou falando do entorno, tios, tias, primos, primas, aí começa a complicar. Quanto maior, pior fica, fofoca, disputa, brigas. Onde vai parar todo o amor dedicado quando fazemos a criação de nossos filhos, quando brincávamos com nossos primos?!

Se tiver dinheiro no meio então complica mais ainda. Vejo muitas histórias de famílias que são desfeitas por dinheiro, coisa pouca as vezes, mas mesmo assim acontece.

Aí me pergunto qual é a solução?! Porque em criança é tão bom brincar com os primos, com as primas, sair de férias com a família. O que acontece depois quando a gente cresce?! Será que é isso que nos resta?! Cresceu o conflito aparece?!

As vezes me pergunto se com os meus netos e os filhos deles será também assim, se haverá discórdia no futuro. Isso me entristece…

Eu fujo de conflito, detesto, até perco dinheiro pra não entrar em conflito, se é isso que me resta é isso que será. Quero mesmo é paz no meu coração e para a minha cabeça.

É o que eu desejo para vocês, paz!